02/05/2006

Entrega

Conheci uma senhora que dizia que se entregava a Deus todos os dias. À partida, isto pareceu-me muito bom. Mas, depois de pensar bem nisto, percebi um tremendo e terrível erro: Como podemos voltar a entregar alguma coisa que já entregámos? Parece-me que aquela senhora, porventura, nunca chegou a entregar-se verdadeiramente a Deus.

Quando muito, ela "emprestou-se" a Deus...

Sem comentários:

Enviar um comentário