19/04/2006

A iniciativa do Pai

Os cristãos que têm alguma preocupação em agradar a Deus, dão por si, por vezes, a tentar "fazer coisas para Deus". Quase como se procurássemos aplacar a ira de um Deus distante e severo, damos ou fazemos alguma coisa para Ele, na esperança de o agradar.

Mas, se é suposto seguirmos o exemplo do Senhor Jesus, então precisamos mudar, rapidamente, de paradigma. Precisamos deixar de "fazer coisas para Deus" e passar a ver o que Ele próprio JÁ está a fazer!

Jesus disse-o de forma muito clara, no Evangelho de João (5:19): "Disse-lhes, pois, Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que o Filho de si mesmo nada pode fazer, senão o que vir o Pai fazer; porque tudo quanto ele faz, o Filho o faz igualmente. "

Jesus não fazia "coisas para Deus". Jesus ficava atento, para ver o que o Pai já estava a fazer e, então, juntava-se a Ele nisso que já estava a acontecer. O protagonista era o Pai!

O protagonista da nossa vida precisa, também, ser o Pai. Vamo-nos juntar a Ele, naquilo que Ele já está a fazer!

Sem comentários:

Enviar um comentário